Skip to main content
CTAL: como iniciar sua trajetória no universo das certificações de teste avançadas?

CTAL: como iniciar sua trajetória no universo das certificações de teste avançadas?

Por: Carlos Afonso, PMP, CGEIT, CRISC, CTAL (Full), ITIL Expert

Durante treinamentos, não raro sou questionado da seguinte forma: “Qual certificação CTAL eu devo tirar logo assim que me certificar em CTFL?”. (Para ler mais sobre as certificações do BSTQB, consulte o site www.bstqb.org.br).

Antes de tudo, é importante notar que existem os requisitos básicos para um profissional se certificar como CTAL. São eles:

  • Ter a certificação CTFL.
  • Dois anos de experiência comprovada em testes ou qualidade de software.
  • Estar de acordo com o Código de Ética do Syllabus Advanced.

CTAL: como iniciar sua trajetória no universo das certificações de teste avançadas?

(mais…)

Leia Mais

Os Pilares da Qualidade - A Importância do Foco nas Pessoas e nos Processos

Os Pilares da Qualidade – A Importância do Foco nas Pessoas e nos Processos

Produzir produtos de qualidade requer uma série de ações. As empresas, para se sobressaírem, é necessário concentração em todas as partes da organização, otimizando o uso e a eficácia de seus recursos. Para melhorar seu desempenho e alcançar a excelência, elas precisam gerenciar os 3 elementos que constituem os pilares da qualidade: tecnologia, pessoas e processos.

No artigo de hoje vamos discorrer sobre esses pilares e sua relação com a evolução das companhias.

Os Pilares da Qualidade - A Importância do Foco nas Pessoas e nos Processos

(mais…)

Leia Mais

Não Positivo

O poder do Não Positivo para Gerenciamento de Projetos de Testes

Escrito por William Ury, o livro “O Poder do Não Positivo” nos fala a respeito de uma dificuldade que muitos possuem em dizer ‘não’, trazendo com isso reflexos negativos para as empresas, especialmente quando estamos falando de gerenciamento de projetos.

Segundo Ury, a dificuldade em dizer ‘não’ vem desde a infância, quando entendemos que dizer ‘sim’ automaticamente tem um efeito positivo, enquanto dizer ‘não’ tem um efeito negativo.

Não Positivo

(mais…)

Leia Mais

Inteligência Artificial (AI): Da ficção à realidade

Por: Alex Marin Silva

A inteligência artificial (AI ou IA) não é um assunto novo: desde os anos 40 há pesquisas sobre o assunto e ao longo deste período – que não é debutante, convenhamos – presenciamos, além da evolução campo da computação, filmes, livros e séries que abordaram o tema. Entretanto, só agora esse conceito parece estar tão próximo da realidade de empresas e pessoas, tanto que se faz presente em qualquer lista de tecnologias que vão alavancar a transformação digital.

Inteligência Artificial (AI): Da ficção à realidade

(mais…)

Leia Mais

Crowdtesting

Dicas para uma boa automação de testes

Por: Stenio Viveiros, MSc, CSQA, CTAL (Full)

É comum ver em diferentes projetos de automação de testes, alguns problemas nos scripts que causam atrasos, insatisfação ou mesmo desistência da automação no projeto. Por isso, neste artigo será discutido um pouco sobre esses problemas e como não cometê-los mais. Em resumo, os principais problemas encontrados nos scripts de testes são:

  • Demora excessiva para a execução;
  • Diversas “quebras” no momento das execuções;
  • Alta manutenção durante o projeto.

Dicas para uma boa automação de testes

(mais…)

Leia Mais

bug, omissão, falha, erro, falso positivo

Bug, omissão, defeito, falha, erro, engano: O que tudo isso significa?

Por: Rex Black

Existe uma grande quantidade de termos em teste de software, e muitas vezes não se torna claro para nós o que eles realmente significam. Uma confusão comum refere-se aos termos bug, defeito, omissão, falha, incidente, falso positivo, erro e engano. Continue lendo o artigo para entender melhor o que é cada um desses termos!

bug, omissão, falha, erro, falso positivo

(mais…)

Leia Mais

Banco como Plataforma (BaaP), IA e Transformação Digital

Nesta semana, recebemos um material bem interessante sobre tendências dos bancos na era digital da GFT, empresa global especialista em mercado financeiro que trata 3 temas que já estão ou irão definitivamente movimentar a agenda dos CEO´s, CIO´s e suas áreas de T.I e negócios.

BaaP

A agenda desta matéria trata simplesmente do futuro da maioria das organizações que não desejam ser esquecidas ou ficarem à sombra da inovação das grandes que se comprometeram com a mudança:

  • Transformação Digital
  • Banco como Plataforma (BaaP)
  • Inteligência Artificial

Estes temas, que são o futuro das organizações, já vêm sendo explorado amplamente, porém, ainda não são implementados em larga escala devido à complexidade de integração dos legados existentes, à mudança de cultura exigida pela organização além de falta de expertise, à segurança e ao baixo retorno de investimento (ROI).

O estudo utiliza como base grandes bancos do Reino Unido, EUA, Espanha, Brasil, Alemanha, Suíça, México e Itália, o que nos dá um bom “recorde” do que está sendo praticado pelo mundo dos negócios e para onde vamos com esse tripé que promete ser um divisor de águas em busca da eficiência e modernização das relações.

Veja 7 Key Findings sobre o tema

1. A transformação digital divide o mercado.

Em quase todos os grandes bancos, no Reino Unido, EUA, Espanha, Brasil, Alemanha e Suíça, uma estratégia de transformação digital já está implementada ou em desenvolvimento, enquanto que em pequenos bancos no México e Itália entre 20% e 40% não têm nenhuma estratégia.

2. BaaP está em fase inicial

17% das instituições começaram a implementar uma estratégia BaaP, outro 45% definiram sua estratégia de BaaP ou estão desenvolvendo-o atualmente.

3. Dados de pesquisa

A grande maioria dos entrevistados (93%) cujas instituições consideraram BaaP, esperam implementar pelo menos alguns elementos de BaaP. 69% desses entrevistados dizem BaaP terá pelo menos um impacto moderado em seu modelo de negócio.

4. Principal driver

Principal driver para a estratégia é atender às expectativas dos clientes, seguido de aspectos financeiros em termos de aumento da receita e redução dos custos operacionais.

  1. Principais desafios

Os principais desafios de uma implementação são percebidos na integração de sistemas legados, implicações de segurança e privacidade e falta de experiência interna.

  1. Transformação digital x Complexidade

Os direcionadores e barreiras para BaaP estão em consonância com os de transformação digital; os entrevistados veem o benefício de oferecer uma maior experiência do cliente, mas são dificultados pela complexidade do sistema.

  1. Inteligência Artificial (IA ou AI)

83% dos entrevistados veem pelo menos algum valor em Inteligência Artificial, mas atualmente apenas 17% a percebem como sendo de importância estratégica.

No entanto, em grandes instituições, a porcentagem de entrevistados que veem o valor nas soluções em Inteligência Artificial atinge 94%. Brasil, o Reino Unido e México lideram o caminho em termos de importância para Inteligência Artificial, enquanto na Alemanha e Suíça quase ninguém percebe AI como estratégico.

Posicionamento dos países em relação à transformação digital, BaaP e IA

Em Transformação Digital, a posição ocupada pelo Brasil está bem alinhada com os demais países, ou seja, estamos com estratégias de transformação digital definidas (37%) ou já sendo implementadas (47%) e, neste quesito, a Itália é quem menos apresenta uma estratégia definida ou implementada.

No quesito de BaaP, o Reino Unido e Espanha, seguido pelos EUA, estão na liderança, enquanto o Brasil ocupa a 6ª posição à frente da Suíça e Itália.

E para fechar a lista, o Brasil ocupa a 1ª posição no quesito Inteligência Artificial, no que diz respeito a importância em suas estratégias.

Clique aqui para baixar o pdf completo acerca do tema, em inglês.

RSI

A RSI vem movimentando a indústria da tecnologia e tem em seu portfólio um serviço de transformação digital, onde ajudamos nossos clientes a enfrentar os desafios dessa nova onda de integração em busca da eficiência.

Conheça um pouco mais sobre o que a RSI tem a oferecer para te ajudar nesta jornada de Transformação Digital.

RSI

No atual cenário de contínua transformação digital, o Time To Market dita as regras de desenvolvimento e inovação.

Os métodos ágeis, o desenvolvimento e a integração contínua são fatores chaves para atender as demandas do mercado.

Entendemos isso e auxiliamos nossos clientes nesse cenário em constante mudança.

Acesse nosso site

 

Leia Mais