Skip to main content

DevOps

O acrônimo as palavras Development e Operations compõe o famoso DevOps, um dos mantras entoados entre os executivos de T.I e seus discípulos.

Cada vez mais as empresas de tecnologia buscam ser eficazes em seus negócios, e isto envolve invariavelmente duas áreas chave nessa busca incansável pela qualidade e disponibilidade.

DevOps

 

São elas: Desenvolvimento e Operações, por isto vamos entrar em um tema amplamente discutidos nos dias atuais…

Porém, para falar sobre o tema é necessário tempo e estudo, uma vez que trata-se de um conteúdo extremamente amplo e que poderíamos passar meses discorrendo sobre suas vertentes.

Vamos dividir esse conteúdo em alguns posts para cobrirmos o máximo de informações. Aceitaremos toda e qualquer contribuição de nossos estimados leitores para que que essa leitura se torne colaborativa e agradável.

Neste primeiro artigo, vamos falar de uma maneira geral o que representa, sua importância no cenário de T.I e, resumidamente, seu papel nas organizações.

Introdução ao DevOps

Destacar-se em um mercado competitivo requer das empresas uma grande agilidade no desenvolvimento de novas soluções de TI.

Milhares de aplicações são liberadas todos os dias para consumidores cada vez mais exigentes, enquanto as empresas constantemente buscam novas tecnologias para satisfazer seus clientes e alcançar seus objetivos financeiros.

Ainda hoje, em muitas empresas a TI continua sendo a fonte geradora e controladora da tecnologia, sem ser vista como parte integrante da estratégia do negócio, da mesma forma como nos últimos 20 ou 30 anos.

Por este mesmo motivo, muitos tomadores de decisão consideram a TI apenas como um grande custo para a empresa, sem se dar conta do valor agregado das soluções fornecidas.

Esta realidade está mudando! A estrutura tradicional da TI está passando por uma quebra de paradigma.

Os CIO’s estão sob pressão, a tecnologia cada vez mais entranhada nas empresas, a inovação cada vez mais necessária e os orçamentos cada vez mais controlados e escassos.

Mas como inovar nesse cenário?

A TI precisa se reinventar. Seja com o objetivo de lançar um produto inovador ou melhorar a eficiência operacional, o grande desafio da TI está em ser ágil para atender as demandas do mercado e utilizar recursos de forma racional, sem perder o foco na qualidade do produto entregue.

O DevOps vem justamente com a proposta de agilizar os processos de TI sem perder o foco na qualidade.

Mas o que de fato é o DevOps?

Se você fizer esta pergunta para dez pessoas diferentes, é muito provável que você receba dez respostas diferentes. E todas elas provavelmente estarão certas!

Analisando grosseiramente, podemos constatar que na década de 80 e 90 houve um movimento de especialização dos papeis em TI, ou seja, no início da TI, o profissional da área era o responsável pelo desenvolvimento da aplicação, pelos testes, pela gestão de configuração, pela implantação em produção, pela manutenção.

Enfim, não havia uma segregação das funções. Na década de 80 e intensificando-se na década de 90, foram surgindo profissionais especializados em cada função, ou seja, os programadores codificavam, os testadores testavam, profissionais da produção que eram responsáveis pela manutenção da produção.

Essa “especialização” dos papéis foi muito importante para a evolução da TI, mas também trouxe consigo alguns problemas, como a falha de comunicação entre as diversas fases do processo, além da burocracia e morosidade em muitos casos.

É aí que surge o DevOps, com o objetivo de eliminar esses problemas, agilizar o processo sem sacrificar a qualidade. Muitos dizem que o DevOps é uma metodologia, outros dizem que é uma cultura, outros dizem que é um framework e alguns, dizem ser uma nova forma de pensar… e na verdade é um pouco disso tudo.

DevOps é uma nova abordagem para se pensar em TI utilizando os princípios da metodologia ágil.

DevOps como Metodologia

O DevOps reconhece a interdependência entre desenvolvimento de software e a infraestrutura, focando no aperfeiçoamento da comunicação, colaboração e integração entre as diversas áreas ou funções dentro da TI, viabilizando assim a produção de softwares e serviços de TI com maior eficiência e rapidez.

DevOps como Cultura

DevOps

A “filosofia” DevOps prioriza a colaboração e a integração contínua, exalta e promove a responsabilidade compartilhada e a confiança entre as áreas (Dev x Infra), além de estender o modelo de desenvolvimento Ágil.

DevOps como Framework

A busca por ferramentas que promovam automação dos processos que permeiam o controle de versão e a automação do código para “deployments” são, sem dúvida, as ferramentas mais impactantes e comuns para o DevOps.

Mas nem por isso deixa de englobar outras que também são utilizadas, como a gerência de configuração, gestão de incidentes, monitoramento e provisionamento.

DevOps como forma de pensar

O DevOps pode ser utilizado e adequado a qualquer cenário!

Pode ser utilizado por pequenas, médias e grandes corporações, empresas que adotam ITIL ou não, sistemas grandes e complexos, pequenos e simples, web ou cliente-server.

Ou seja, para se beneficiar do DevOps você precisa apenas definir metas, objetivos e seguir em frente!

Gostou do artigo? Confira nosso post Pilares do DevOps e aprofunde-se: conheça seus pré-requisitos, a importância da metodologia ágil na cultura DevOps e muito mais!

Sobre nós

A RSI pode ajudar a sua empresa na implementação de DevOps e todos os pré-requisitos para que sua empresa tenha sucesso!

Contamos hoje com parcerias e alianças com as melhores empresas de tecnologia para a cultura do DevOps, supere a expectativa dos seus clientes! A RSI possui know-how e equipe qualificada para ir além.

Por Alexandre Carrer

Sobre a RSI

A RSI pode ajudar a sua empresa na implementação de Dev-Ops e todos os pré-requisitos para que sua empresa tenha sucesso!

Contamos hoje com parcerias e alianças com as melhores empresas de tecnologia para a cultura do Dev-Ops, supere a expectativa dos seus clientes! A RSI possui know-how e equipe qualificada para ir além.


Compartilhar Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *